Melhor Renda Fixa: Poupança, Tesouro SELIC, CDI ou CDB?

Quer saber qual a melhor renda fixa para investir? Todos os investidores iniciantes querem saber qual é o melhor investimento para o seu dinheiro.

Entretanto, a resposta para essa pergunta está relacionada ao perfil de cada pessoa.

Isso porque a renda fixa é uma opção de investimento muito procurada por quem deseja investir de forma segura.

Além de ser uma opção rentável para as pessoas que querem ter uma reserva de emergência.

Esse tipo de investimento chama-se renda fixa porque a sua rentabilidade é previsível.

Isso quer dizer que você pode saber quanto o seu dinheiro pode render mensalmente e ainda pode seguir algum índice como a taxa Selic, o CDI, a inflação e entre outros.

Geralmente o índice mais utilizado é o CDI e muitas plataformas de investimento oferecem para os seus clientes opções de investimento rendimento de até 100% do CDI.

Além disso, a Taxa Selic também influencia nos rendimentos e atualmente está em torno de 2,5% a.a. (em 2020) seu menor patamar desde a criação.

 Apesar disso, a renda fixa é uma boa opção para quem deseja investir o seu dinheiro.

O que é a renda fixa?

É uma opção de investimento que permite que os seus investidores tenham uma previsão sobre a rentabilidade dos investimentos.

A renda fixa é uma modalidade indicada principalmente para as pessoas iniciantes, pois oferece investimentos mais seguros, diferente da Bolsa de Valores.

Como funciona a renda fixa?

Para explicar de uma forma simples, os investimentos nessa modalidade funcionam como se fosse um empréstimo do seu dinheiro para um emissor.

Ao realizar esse “empréstimo” você recebe em troca uma taxa de rentabilidade fixa, que é definida no momento da compra.

Os valores investidos são utilizados para o financiamento de projetos, pagamentos de dívidas ou desenvolvimento de áreas específicas, como por exemplo, agronegócio ou setor imobiliário.

Sendo assim, os investidores ganham dinheiro e ainda ajudam no crescimento de diversas instituições de diversos setores da economia.

Quais são os tipos de renda fixa?

Conheça as principais opções para quem desejam investir em renda fixa.

  1. Tesouro Direto

O Tesouro Direto é uma opção ideal para quem as pessoas que não querem correr riscos com investimentos.

Os seus papeis negociados são emitidos pelo Tesouro Nacional para que assim o país possa pagar suas dívidas.

Ente os títulos públicos que você pode investir na plataforma, destaca-se o Tesouro IPCA+, que é uma opção que rende mais do que a inflação.

Entretanto, os títulos do Tesouro Direto não possuem garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), mas são opções garantidas pelo Tesouro Nacional, que é o emissor mais seguro da economia.

  1. CDB

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título de renda fixa emitido pelos bancos.

A sua rentabilidade é atrelada ao CDI. Por este motivo é um dos investimentos mais conhecidos.

Geralmente, os CDBs que são emitidos por bancos menores costumam oferecer rendimentos melhores para os seus investidores.

Nessa opção você pode investir com prazo de aplicação maior, onde as taxas de rentabilidade são maiores.

Umas vantagens desse tipo de investimento é que são cobertos pelo FGC com valores até R$ 250 mil.

  1. Poupança

A poupança é tipo de investimento mais comum no Brasil, mas há alguns anos ela não é mais recomendada, por ter um rendimento muito baixo.

Apesar de ser mais fácil investir e resgatar o dinheiro, na maioria das vezes o investimento não consegue ter rentabilidade. 

  1. LCI e LCA

A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) são investimentos que funcionam de forma semelhante ao CDB.

Porém, a vantagem é que são isento de tributos, como o Imposto de Renda (IR). Sendo assim, os rendimentos vão diretamente para o seu bolso.

Qual a rentabilidade da renda fixa?

Renda Fixa

Pois bem, a renda fixa é um investimento que é medido pelo CDI (Certificado de Depósito Interbancário) que segue perto da taxa básica dos juros, ou seja, a taxa Selic que atualmente é 2,5% a.a.

Os investidores geralmente esperam um rendimento mínimo de 100% do CDI. Caso haja a isenção de impostos, algum ativo da renda fixa pode render menor do que o esperado.

Entretanto, quando os investidores aplicam o seu dinheiro em um rendimento muito menor do que este, significa que investiu e teve um desempenho abaixo da principal referencia do mercado.

Para você ter uma ideia, o Tesouro Selic é um tipo de investimento que possui rendimento de quase 100% do CDI. Ele pode ser resgatado a qualquer momento porque possui liquidez diária.

Além disso, existem outros tipos de investimentos que podem ser render mais do que o CDI, mas você precisa abrir mão um pouco da segurança, prazo ou liquidez.

Entre eles, o Tesouro IPCA+ é uma opção que possui rentabilidade maior do que o Tesouro Selic, mas caso ele seja vendido antes da hora, poderá ter um desempenho negativo caso o mercado esteja em uma tendência de baixa.

Recomendado: Investimentos Para MEI com PAGBANK direto no CELULAR

Qual renda fixa é melhor: Poupança, Tesouro SELIC, CDI ou CDB?

A poupança é considerada o pior dos investimentos em Renda Fixa, pois a rentabilidade é muita baixa com apenas 1,4% a.a.

Por outo lado, as demais opções são excelentes para você que está iniciando os seus investimentos porque são seguras, possuem rentabilidade maior do que poupança e você ainda pode acompanhar o crescimento dos rendimentos.

Conclusão

Atualmente muito se fala em investimentos como a Bolsa de Valores, renda variável e entre outros.

Eles são boas opções para fazer com que o seu dinheiro tenha rentabilidade, mas antes de investir em qualquer uma das opções disponíveis no mercado você deve buscar entender como ele funciona.

Após isso, cadastra-se em uma corretora de confiança e faça a aplicação do seu dinheiro.

1 Comentário